sábado, 7 de novembro de 2009

Vivo pela fé


Do alto dos meus 31 anos, completos hoje, sei que só posso veiver pela fé.

Quando eu nem sequer a procurava, a graça salvífica de Deus me achou há 17 anos. Como diz o hino: Eu era cego, mas agora eu vejo. Estava perdido, mas fui achado.
Eu nada havia feito de bom, muito pelo contrário. Mas Jesus fez tudo por mim.

Desde então tenho caminhado na contra-mão do sistema.
Suporto do ódio desse mundo por causa do amor de Deus.

Envelhecendo, preciso tornar-me como uma criança no Reino.

Vivo mortificando a minha carne.

Preciso me humilhar a fim de um dia ser exaltado.

Muitas coisas que perdi nessa vida, sei que ganharei no porvir.

Sei que o fim será só o começo.

Maranata... Vem Senhor Jesus.

Um comentário:

Hélio disse...

Parabéns pelo aniversário! Que a maravilhosa graça de Deus te acompanhe todos os dias da tua vida! Há alguns anos, recebi um cartão de aniversário da revista Ultimato, que tinha os seguintes dizeres, que agora compartilho com você:
---------

“Entender nosso caminho significa estar atentos para nossos passos, perceber nosso percurso, avaliar e escolher por onde seguir.
Somos peregrinos vivendo o paradoxo de caminhar com Cristo até Cristo.
Cada experiência pode ser aproveitada para construir a colcha de retalhos de nossa vida, de modo a evidenciar a obra de arte em processo de restauração que somos.”

--------
Abraço!